Profecção e Firdaria

 

 

 

Frida Kahlo


«Auto-Retrato com Macaco», 1938

 

 

Surrealismo é a surpresa mágica de encontrar um leão num guarda-roupa, onde tínhamos a certeza que encontraríamos camisas

Frida Kahlo

 

 

1907 – 1954

 

Magdalena Carmen Frieda Kahlo Calderón nasceu a 6 de Julho de 1907 em Coyoacán, terceira das quatro filhas de Matilde e Guillermo Kahlo.

 

 

 

1913: 6 Anos de idade

 

Firdaria: Sol - Saturno

   

Casa activa por Profecção: 7

 

Kahlo contrai poliomielite aos seis anos de idade. Durante os noves meses que esteve em convalescença, teve os cuidados e o apoio do seu pai que se esmerou para que ela recebesse o melhor tratamento possível. Como consequência da poliomielite a perna e o pé ficaram deformados para sempre.

Kahlo encontrava-se no período da Firdaria regido pelo Sol e sub-período regido por Saturno. O Sol é Regente e Almuten da casa 1, (casa associada à vida e ao corpo físico do nativo ‘Anatole’) e recebe uma oposição de Marte, Almuten da casa 6 (casa associada a doenças e defeitos do corpo ‘Cace Tyche’). Saturno o grande maléfico, é o Regente e Almuten da casa 7, activa por profecção, e Regente do sub-período da Firdaria e encontra-se posicionado na casa 8 (casa associada à morte, a medos e a perdas ‘Epicataphora’).

A interacção entre os regentes das casas 1, 6 e 7 e os planetas Sol, Marte e Saturno indica problemas físicos, relacionados a doenças de carácter infeccioso e de consequências duradouras.

 

1925: 18 e 19 Anos de idade

 

Firdaria: Mercúrio - Mercúrio

   

Casas activas por Profecção: 7 e 8

 

Kahlo fica gravemente ferida no dia 17 de Setembro de 1925, numa colisão entre um eléctrico e o autocarro em que seguia da escola para casa em Coyoacán. Os múltiplos traumatismos sofridos por Kahlo foram tão graves que os próprios médicos duvidaram que ela sobrevivesse. Devido a este acidente ficou um mês hospitalizada e mais três meses imobilizada em casa. Aproximadamente um ano depois, em função das fortes dores na coluna e no pé direito, foi descoberto que tinha várias vértebras deslocadas. Durante os nove meses seguintes teve que usar vários coletes de gesso, permanecendo imobilizada. Nesta fase começa a pintar e com a ajuda de um espelho inicia a série de auto-retratos, uma constante em sua obra. É a partir deste acidente que a saúde de Kahlo fica seriamente comprometida.

Período e sub-período da Firdaria regido por Mercúrio. Considerando Mercúrio como Regente e Almuten das casas 2 e 11 neste mapa, ele não seria indicador deste trágico episódio na vida de Kahlo. Mas, por estar posicionado na casa 12 (casa associada a doenças graves, hospitalizações, encarceramentos e adversidades ‘Cacos Daemon’) torna-se bastante revelador. A casa activa por Profecção na altura do acidente é a 7. O Regente da 7 é Saturno, planeta indicador de limitações e encontra-se posicionado na 8 (casa associada à morte, a medos e a perdas) e co-Almuten da 6 (casa associada a doenças e defeitos do corpo). Na altura em que esteve de cama usando os vários coletes de gesso a casa activa por Profecção é a 8. O Regente da casa 8 é Júpiter, conjunto à cúspide da casa 12, mencionada acima. Júpiter é um planeta benéfico por natureza, mas no caso da natividade de Kahlo apesar de se encontrar em Exaltação e em Termo, está Cadente, Combusto, afligido por uma oposição de Marte e é o Regente de uma má casa ‘Epicataphora. Saturno o co-Almuten da casa 6 está posicionado na casa 8.

Novamente encontramos indicadores dos acontecimentos acima descritos nas relações entre os planetas Mercúrio, Saturno, Júpiter e as casas 6, 12 e 8.

 

1930: 22 Anos de idade

 

Firdaria: Mercúrio - Saturno

   

Casa activa por Profecção: 11

 

No início do ano, Kahlo teve interrompida a sua primeira gravidez devido à posição incorrecta do feto.

Período da Firdaria regido por Mercúrio e sub-período regido por Saturno, ambos os planetas e suas posições acima mencionados. A casa activa por Profecção é a 11, cujo Regente e Almuten é Mercúrio, posicionado na casa 12, também esta já mencionada acima.

 

1932: 24 Anos de idade

 

Firdaria: Mercúrio - Júpiter

   

Casa activa por Profecção: 1

 

No dia 4 de Julho de 1932 a segunda gravidez de Kahlo é interrompida com um aborto no Hospital Henry Ford. Este acontecimento veio abalar imenso Kahlo, o que se pode ver nas suas obras, especialmente na «O Hospital Henry Ford» ou «A Cama Voadora».

O período da Firdaria é regido por Mercúrio e o sub-período por Júpiter. Mercúrio como dito anteriormente está posicionado na casa 12 (casa associada a doenças graves, hospitalizações, encarceramentos e adversidades). Júpiter o Regente da 8 (casa associada à morte, a medos e a perdas), está posicionado na cúspide 12 e também é Regente e Almuten da 5 (casa associada à gravidez e a crianças ‘Agathe Tyche’). A oposição de Marte, posicionado na casa 5, para Júpiter, indica as dificuldades de Kahlo em ter filhos e confere a este assunto um carácter violento, próprio da natureza de Marte. A casa activa por Profecção é a 1, o Sol é Regente e Almuten da casa 1, (casa associada à vida e ao corpo físico do nativo) e recebe uma oposição de Marte, Almuten da 6 (casa associada a doenças e defeitos do corpo) e como mencionado acima, posicionado na 5. Se a oposição de Marte para Júpiter já nos indica as dificuldades de Kahlo em ter filhos e a violência que Marte confere às circunstâncias das mesmas, a oposição ao Regente e Almuten da 1, vem em muito incapacitar Kahlo de levar adiante o seu desejo de ter filhos, uma vez que a 1 é por natureza a casa associada à vida.
 

 

 
«O Hospital Henry Ford» ou «A Cama Voadora», 1932


 

1938: 31 Anos de idade

 

Firdaria: Lua - Lua

   

Casa activa por Profecção: 8

 

Em Outubro/Novembro Kahlo faz a sua primeira exposição individual na Galeria Julien Levy em Nova York, alcançando um grande êxito e tendo recebido várias encomendas das suas obras.

Período e sub-período da Firdaria regido pela Lua. No mapa de Kahlo a Lua rege por exaltação o Meio do Céu e está praticamente conjunta ao mesmo, em Exaltação e Triplicidade, dispositada por Vénus, na cúspide da 11 (casa associada a esperanças, grupos, organizações e amigos ‘Agathos Daemon’). Esta configuração é um indicador de sucesso, tanto para a exposição como para o prestígio de Kahlo entre o círculo social da época, Vénus na casa 11.

Em Janeiro de 1939, durante o mesmo período da Firdaria, Kahlo embarca para Paris para levar a cabo uma exposição, esta não tão bem sucedida como a anterior devido a vários factores.

Kahlo estava na Profecção da casa 8 (31 anos), regida por Júpiter (delineado acima), mas com o maléfico Saturno posicionado na mesma. Além disso, Vénus dispositora da Lua recebe uma quadratura de Saturno, justificando assim as limitações e atrasos da exposição em Paris.

 

1950: 42 – 43 Anos de idade

 

Firdaria: Saturno - Júpiter e Saturno - Marte

   

Casas activas por Profecção: 7 e 8

 

Kahlo passa nove meses no Hospital ABC, na cidade do México, onde foi submetida a um total de 7 operações à coluna. “Estive doente durante um ano…ainda estou numa cadeira de rodas e não sei quando é que poderei andar de novo. Tenho um colete de gesso que, em vez de ser horrivelmente maçador, me ajuda a suportar melhor a coluna. Não sinto dores, só um grande cansaço…, e, como é natural, por vezes desespero. Um desespero indescritível. No entanto quero viver…

Na época em que Kahlo foi submetida às operações estava na Firdaria de Saturno - Júpiter iniciada em 30-1-1949, passando para a Firdaria de Saturno - Marte em 26-8-1950. Saturno é Regente e co-Almuten da casa 6 (casa associada a doenças e defeitos do corpo), posicionado na casa 8 (casa associada à morte, a medos e a perdas) e Júpiter, Regente da casa 8, posicionado na cúspide da 12 (casa associada a doenças graves, hospitalizações, encarceramentos e adversidades). Marte regente do sub-período da Firdaria (26-8-1950), Almuten da casa 6, faz uma oposição ao Sol, Regente e Almuten da casa 1 (casa associada à vida e ao corpo físico do nativo). As casas activas por Profecção durante este período conturbado da vida de Kahlo são a 7 e a 8. A casa 7 é regida por Saturno posicionado na 8. A casa 8 é regida por Júpiter posicionado na cúspide da 12, todas estas configurações já foram acima delineadas.

 

1954: 47 Anos de idade

 

Firdaria: Saturno - Vénus

   

Casa activa por Profecção: 12

 

Gravemente doente com pneumonia, Kahlo morre durante a noite de 12 para 13 de Julho de 1954, sete dias depois do seu 47º aniversário.

Kahlo encontrava-se no período de Saturno e sub-período de Vénus. Vénus é Almuten da casa 8, casa associada à morte e recebe uma quadratura de Saturno, Regente e co-Almuten da 6 (casa associada a doenças e defeitos do corpo), este posicionado na  8, o que vem reiterar o significado da casa 8, a morte.  Apesar de existir uma mútua recepção por Triplicidade entre Vénus e Saturno, ambos estão Peregrinos, não melhorando em nada esta configuração. Além das aflições mencionadas acima e apesar de Vénus ser um planeta benéfico por natureza, também se encontra afligida por estar Sucedente e em Triplicidade e Termo do grande maléfico Saturno. Júpiter, regente da casa 8, a casa associada à morte, está conjunto à casa activa por Profecção, a casa 12 (casa associada a doenças graves, hospitalizações, encarceramentos e adversidades). Como foi dito anteriormente, Júpiter é um planeta benéfico por natureza, mas no caso da natividade de Kahlo, apesar de se encontrar em Exaltação e em Termo, está Cadente, Combusto e afligido por uma oposição de Marte e é o Regente de uma má casa ‘Epicataphora. É de reparar que o regente da casa activa por profecção, a Lua, encontra-se Fora de Curso.

 



Última página do diário de Kahlo, "Espero alegre a saída e espero nunca voltar."


 

Em 1958 é aberto o Museu Frida Kahlo, na «Casa Azul» onde nasceu e morreu Kahlo, e é apresentado à nação Mexicana, de acordo com os desejos de Diego Rivera, que morrera em 1957.

 

Conclusão

 

A finalidade deste estudo não é uma delineação aprofundada mas sim a abordagem de alguns acontecimentos importantes na vida de Frida Kahlo, utilizando técnicas predictivas Medievais como Firdaria e Profecção. É necessário ter em consideração que estas técnicas não são suficientes para uma delineação exaustiva de uma natividade, no entanto, estas duas técnicas são ferramentas de um imenso valor predictivo. Para um estudo completo seria necessário aplicar outro tipo de técnicas, tais como trânsitos, revoluções solares e direcções primárias, que complementariam as técnicas predictivas da Firdaria e Profecção.

Como se pode verificar pela delineação acima as técnicas empregues neste estudo proporcionam uma análise clara e objectiva de alguns pontos-chave na vida da artista.

 

Bibliografia:

 

Christian Astrology, Book Three, William Lilly - Astrology Center of America
   
Classical Astrology for Modern Living, J. Lee Lehman - Whitford Press
   
Kahlo, Andrea Kettenmann - Taschen
   
Matheseos Libri VIII, Julius Firmicus Maternus, Jean Rhys Bram - Ascella
   
Book of Instruction in the Elements of the Art of Astrology, Al-Biruni - Kessinger
   
Three Books on Nativities, Omar of Tiberias, R. Hand, R. Schmidt - P. Hindsight

 

 

 

Copyright © Paulo Alexandre Silva. Todos os direitos reservados.